Grandes Estruturas: DELTAWORKS

Escrito por Isamara Coelho Neves, Júlia Araújo Camargo e Karolayne Gonçalves Cota sob orientação dos professores Alcino de Oliveira Costa Neto e Iara Ferreira de Rezende Costa.


As obras do Projeto Delta ou DELTAWORKS são um sistema de defesa contra a subida do nível do mar para a região do delta (Zelândia e sul da Holanda do Sul), dos Países Baixos. O território dos Países Baixos, situado na Europa, é muito plano, sendo que cerca de 20% da sua área e 21% da população está localizada abaixo do nível do mar. O fato dos Países baixos possuírem estas características faz com que sejam vulneráveis aos processos de enchentes e inundações, sendo este um fator decisivo para a execução de importantes obras hidráulicas para dominar a gestão hídrica da região (HASHIMOTO e NETO, 200-).


O fato determinante para a criação do Projeto Delta foi uma grande inundação que ocorreu em 1953, onde provocou a morte de centenas de pessoas e forçou a evacuação de outras milhares. A fim de garantir a segurança do local e evitar que uma catástrofe assim se repetisse, foi desenvolvido o DELTAWORKS, composto por diversas estruturas, sendo as duas principais: Oosterschelde e Maeslantkering (VIANA e BARBOSA, 2017).


A barreira Oosterschelde foi inaugurada em 1986, tendo 62 portas de aço, com 42 metros de largura cada. As portas foram instaladas em pilares de concreto pré-fabricados em uma doca seca, pesando cada pilar cerca de 18.000 toneladas, sendo levados de navios até o local de sua instalação e posicionados com precisão. Trata-se de uma barreira móvel, ou seja, sob condições normais suas comportas permanecem abertas, entretanto, caso os níveis do mar subam durante a tempestade, as comportas são abaixadas, isolando a Holanda do ataque do mar (VIANA e BARBOSA, 2017).


Figura 1 - Vista da barreira Oosterschelde

Fonte: HOLLAND, 2020.

Já a Maeslantkering, construída entre 1991-1997, é uma barreira móvel que permite a passagem dos navios. O projeto consiste em uma barreira a ser reposicionada durante uma tempestade impedindo a passagem da água para o território. A estrutura é formada por tubos de aço em forma de braços e em cada um tem uma articulação feita por esferas gigantes, que quando necessário se juntam formando uma barreira no fundo do mar com comprimento de 210 metros cada, e 22 metros de altura para proteger o sul da Holanda de enchentes (VIANA e BARBOSA, 2017).


Figura 2 - Vista da barreira Maeslantkering

Fonte: HOLLAND, 2020.


O projeto Delta já foi considerado uma das sete maravilhas do mundo moderno, segundo a American Society of Civil Engineers.

Gostou do nosso post?!

Curta, comente e compartilhe com os seus amigos!

REFERÊNCIAS


HASHIMOTO, M. O; NETO, J. B. Barreiras contra inundações pelo mar no novo canal – Holanda. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, 200-. Disponível em: http://www.fau.usp.br/disciplinas/tfg/tfg_online/tr/061/a047.html. Acesso em: 06 jul. 2020.


HOLLAND. Discover the Delta Works. Disponível em: https://www.holland.com/global/tourism/destinations/provinces/zeeland/the-delta-works.htm. Acesso em: 07 jul. 2020.


VIANA, R. N. do. BARBOSA, R. S. de. Gestão da água nos Países Baixos. IV Encontro de Pesquisa e VIII Encontro de Iniciação Científica da FATEB – Telêmaco Borba - PR, 2017. Disponível em: https://fatebtb.edu.br/arquivos-ftp/encontro-de-pesquisa-2017/Anais%20-%20IV%20Encontro%20de%20Pesquisa%20Vol.IV.pdf. Acesso em: 07 jul. 2020.

0 visualização

Todos os direitos reservados ao Projeto de Extensão Construção +