Concreto Autoadensável: principais características

Escrito por Eliza Cristina Souza da Silva sob orientação dos professores Alcino de Oliveira Costa e Iara Ferreira de Rezende Costa.


O concreto é atualmente um dos materiais mais utilizados no ramo da construção civil, desde a sua criação está em crescente evolução. Surgindo sempre novos tipos e técnicas de concretos especiais. Um exemplo é o concreto autoadensável, que foi desenvolvido por pesquisadores da Universidade de Tóquio no ano de 1983.


O Concreto Autoadensável (CAA) de acordo com Tutikian & Molin (2008) não é apenas um novo tipo de concreto, é uma tecnologia que se usada de maneira apropriada proporciona propriedades diferentes e novas oportunidades. Mas quais seriam essas propriedades? Para eles um concreto só será considerado autoadensável se apresentar simultaneamente fluidez, coesão e resistência à segregação.


Ou seja, o CAA deve ser capaz de fluir com facilidade pelas fôrmas, preencher todos os espaços vazios e passar pelas armaduras sem que haja obstrução do fluxo ou segregação, utilizando seu próprio peso para isso. Dispensando o uso de vibradores ou qualquer tipo de equipamento para o seu adensamento.


Figura 1 - Concreto Autoadensável

Fonte: ABESC, 2021.


Os materiais utilizados para sua fabricação são os mesmos do concreto convencional (areia, cimento, brita, água, aditivos e adições). A principal diferença entre os dois é a porcentagem de cada material. O CAA possui um maior consumo de cimento, menor teor de agregados graúdos, maior teor de finos. Além disso, para sua produção são utilizados aditivos superplastificantes, que auxiliam principalmente na trabalhabilidade, proporcionam maior facilidade de bombeamento, excelente homogeneidade, boa resistência e durabilidade.


Figura 2- Comparação entre a composição do CAA e o concreto convencional

Fonte: OKAMURA e OUCHI, 2003.


Há diversas vantagens em utilizar esse tipo de concreto, como por exemplo, maior agilidade na execução das obras, melhora no lançamento e adensamento em elementos com alta taxa de armadura, redução da poluição sonora (já que não é necessária a utilização de vibradores), melhora no acabamento da superfície, maior durabilidade, aumento nas possibilidades de trabalho com fôrmas de pequenas dimensões, bombeamento em grandes distâncias horizontais e verticais, etc.


Este tipo de concreto já é normatizado pela NBR 15823 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), essa norma diz respeito aos procedimentos relativos ao controle, à classificação e à aceitação do concreto autoadensável e também normatiza os ensaios para determinação de suas principais características.


Figura 3 - Ensaio de espalhamento do CAA

Fonte: TECNOSIL, 2017.


O CAA tem uma ampla gama de aplicações, sendo utilizado principalmente em: estruturas com alta taxa de armadura; pré-fabricados e pré-moldados; peças pequenas que possuem muitos detalhes ou que tenham um formato não convencional; em parede diafragma; fundações, cuja escavação é executada por hélice contínua; reservatórios; piscinas, entre outras.


O Concreto autoadensável já é utilizado nos mais diversos locais do mundo, e isso tende a crescer. Devido principalmente a todas as suas vantagens, as diversas aplicações e o fato dele ser uma tecnologia com grande poder de desenvolvimento. Além disso, o fato dessa tecnologia já ser normatizada contribui bastante para sua utilização.


Gostou do post?!


Curta, comente e compartilhe com os seus amigos!



REFERÊNCIAS


ABESC – Associação Brasileira das empresas de Serviço de Concretagem. Concreto auto-adensável. Disponível em: <http://abesc.org.br/pdf/FOLDER%20PAG%20ABESC%20R4%20pgs.pdf>. Acesso em 18 de janeiro de 2021.


MAPA DA OBRA. Por que investir em concreto autoadensável pode ser uma boa ideia para sua obra?. [S. l.], 17 ago. 2017. Disponível em: https://www.mapadaobra.com.br/capacitacao/concreto-autoadensavel-pode-ser-boa-ideia-para-obra/. Acesso em: 17 jan. 2021.


NBR 15823: Concreto auto-adensável: Classificação, controle e aceitação no estado fresco. Rio de Janeiro, 2010.


OKAMURA, H.; OUCHI, M. Self-Compacting Concrete. Journal of Advanced Concrete: State-of-the- Art & Pumice Application. Journal of Advanced Concrete Tecnology Vol. 9, No. 1, 2011.


PORTAL DO CONCRETO. Concreto Auto Adensável ou Fluido. Disponível em: https://www.portaldoconcreto.com.br/concreto-auto-adensavel. Acesso em: 17 jan. 2021.


TECNOSIL. Concreto auto-adensável: Principais características e aplicações. Disponível em: https://www.tecnosilbr.com.br/concreto-auto-adensavel-principais-caracteristicas-e-aplicacoes-2/. Acesso em: 17 jan. 2021.


TUTIKIAN, B. F.; MOLIN, D. C. D. Concreto Auto-Adensável. 1. ed. São Paulo: EDITORA PINI LTDA, 2008. 148 p. v. 1. ISBN 978-85-7266-211- 6.

22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo