Você sabia?

Atualizado: Mai 5

Escrito por Lhorrana Aparecida Lima Santos sob orientação dos professores Alcino de Oliveira Costa Neto e Iara Ferreira de Rezende Costa.


A concretagem é a etapa de finalização de um conjunto de atividades relacionadas a construção de um elemento em uma edificação, e só pode ser realizada de forma eficaz e segura se todos os outros serviços anteriores estiverem sido realizados e verificados pelo engenheiro ou técnico responsável da obra.


Tais serviços envolvem verificação da consistência e limpeza das formas, conferência da armadura (quantidade e se estão bem dispostas) e se as instalações que deverão ser embutidas, como tubos elétricos e hidráulicos, estão devidamente posicionadas.


Durante a concretagem, é fundamental a presença de um engenheiro na obra para as etapas de lançamento, adensamento e cura do concreto. Somente pessoas especializadas e com conhecimento técnico em engenharia podem definir o que fazer e o que não fazer durante uma concretagem. Um erro durante o processo de concretagem pode acarretar problemas futuros sérios como fissuras, trincas e nos casos mais graves, as patologias podem causar até o desabamento da estrutura.


Antes do processo de concretagem é fundamental que seja feita a limpeza do local!



O vídeo mostra a concretagem sendo feita com a presença de folhas de árvores no local. Este tipo de procedimento acarreta uma série de problemas futuros no concreto, uma vez que as folhas presentes no concreto irão se decompor e posteriormente gerar espaços vazios.

Estes espaços vazios levarão ao surgimento de patologias em vigas, lajes e pilares, como por exemplo, fissuras e trincas. Isso ocorre devido à concentração de tensões nessas regiões citadas.

Portanto, antes de realizar a concretagem é imprescindível a realização da limpeza do local a ser concretado.


Gostou do nosso post?!


Curta, comente e compartilhe com os seus amigos!

27 visualizações

Todos os direitos reservados ao Projeto de Extensão Construção +